Eleitores de Dilma se unem para processar Aécio Neves

Após afirmar que perdeu a disputa presidencial para uma “organização criminosa”, Aécio Neves vira alvo dos eleitores de Dilma, que prometem mover uma ação coletiva contra ele e pedir indenização por danos morais.

719 0

Após afirmar que perdeu a disputa presidencial para uma “organização criminosa”, Aécio Neves vira alvo dos eleitores de Dilma, que prometem mover uma ação coletiva contra ele e pedir indenização por danos morais

Por Redação, com informações do Brasil 247

Eleitores da presidenta Dilma Rousseff organizam uma ação coletiva contra o senador e ex-candidato à presidência Aécio Neves (PSDB), que afirmou, em uma entrevista, ter perdido a disputa pelo Palácio do Planalto para uma ‘organização criminosa’. O estudante de Geografia Kallil Oliveira, de Vitória da Conquista (BA), é um dos que estão à frente da ação. “Já consegui reunir 30 pessoas que vão processar Aécio por sua infeliz declaração, quem tiver interesse me informe para nos organizarmos”, publicou em seu perfil no Twitter nesta terça-feira (2).

Quase duas horas depois, ele atualizou a informação, dizendo que já eram mais de 200 interessados. O ator José de Abreu apoiou a iniciativa. “E aí, galera, vocês ja arrumaram advogado para processar Aecio? Nao aceito a pecha de “organização criminosa” no meu currículo!”, afirmou nas redes sociais.

Outro que se manifestou sobre o assunto foi o jornalista Janio de Freitas, que escreveu, em sua coluna no jornal Folha de S. Paulo: “Qualquer deles agora habilitado, desde que capaz de alguma prova de sua adesão a Dilma, a mover uma ação criminal contra Aécio Neves por difamação, calúnia e injúria, e cobrar-lhe uma indenização por danos morais”.



No artigo

x