JN corrige e diz que Paulo Roberto “nunca” alertou Dilma Rousseff sobre esquema de corrupção

Em sua última edição, o programa corrigiu matéria onde afirmava que o ex-diretor da Petrobras havia alertado a presidenta e o ex-presidente Lula sobre desvios na estatal

731 0

Em sua última edição, o programa corrigiu matéria onde afirmava que o ex-diretor da Petrobras havia alertado a presidenta e o ex-presidente Lula sobre desvios na estatal

Por Redação

A edição desta quarta-feira (3) do programa Jornal Nacional, da Rede Globo, reconheceu e corrigiu um erro cometido em reportagem sobre a Operação Lava Jato. Na matéria, foi veiculada a notícia de que o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, havia alertado a presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula sobre corrupção na estatal, porém, segundo Costa, isso nunca aconteceu.

Posteriormente ao reconhecimento do erro cometido na matéria anterior, foi exibida outra reportagem onde era revelada a afirmação de Paulo Roberta Costa de que “nunca” havia entrado em contato com Dilma Rousseff ou Lula:

REPÓRTER CRISTINA SERRA: “Ontem, em depoimento à CPMI, o ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, afirmou que enviou um e-mail em setembro de 2009 à então ministra da Casa Civil e presidente do Conselho de Administração da Petrobras, Dilma Rousseff, comentando a recomendação feita pelo Tribunal de Contas da União de imediata paralisação de três obras da estatal, entre elas a refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Mas questionado pelo deputado Izalci (PSDB-DF), Paulo Roberto Costa disse que nunca alertou Dilma ou o ex-presidente Lula sobre desvios na Petrobras”.

EX-DIRETOR DA PETROBRAS/PAULO ROBERTO COSTA: “Não, nunca tivemos uma reunião em particular nem com a ministra Dilma nem com o presidente Lula sobre esse tema;, particularmente, nunca foi discutido não. Por mim, não”.

DEPUTADO IZALCI (PSDB-DF): “Por que por mim não? O senhor tem conhecimento de que outros trataram disso?”

EX-DIRETOR DA PETROBRAS/PAULO ROBERTO COSTA: “Eu não sei, eu não posso lhe garantir isso. agora eu, pessoalmente, nunca cheguei a conversar sobre esse tema de forma clara, transparente, nem com o presidente Lula nem com a ministra Dilma”, finalizou a reportagem.

Foto: Divulgação

 

 

 

 



No artigo

x