Político francês é condenado por comparar ministra negra a macaco

"Eu simplesmente quis brincar", disse Olivier Burlats, responsável pelo insulto racista.

797 0

“Eu simplesmente quis brincar”, disse Olivier Burlats, responsável pelo insulto racista 

Por Redação | Foto: Partido Socialista da França

O político francês Olivier Burlats foi condenado na última sexta-feira (5), por um tribunal de Annecy, no leste da França, a pagar multa no valor de 3 mil euros por ter comparado a ministra da Justiça, Christiane Taubira, a um macaco.

Em 16 de setembro, Burlats, eleito pelo partido ultradireitista Frente Nacional, postou em seu perfil do Twitter uma foto de um macaco em uma bicicleta, fazendo alusão a Taubira, conhecida por utilizar frequentemente bicicletas para se locomover.

“Não entendo os motivos desse veredicto. Eu simplesmente quis brincar”, argumentou Burlats, que, devido à repercussão do tuíte, foi expulso da Frente Nacional. A legenda tem se esforçado para perder a pecha de racista.

Na França, insultos discriminatórios à ministra não são novidade. A Justiça do país já lançou várias outras condenações por esse motivo.

 



No artigo

x