Jorge Hage deixa a Controladoria-Geral da União

A carta de demissão já foi entregue à presidenta Dilma Rousseff.

571 2

A carta de demissão já foi entregue à presidenta Dilma Rousseff

Por Redação

Após oito anos à frente da Controladoria-Geral da União (CGU), o ministro Jorge Hage entregou sua carta de demissão à presidenta Dilma Rousseff, nesta segunda-feira (8), declarando não ter interesse em permanecer no cargo.

O pedido de demissão de Hage não foi uma surpresa para Dilma Rousseff, que já sabia das intenções do ministro. Em 2010, a presidenta já cogitava substituí-lo por Maria Elizabeth Rocha, ministra do Superior Tribunal Militar, que recusou o convite.

Em seu mandato, Jorge Hage defendeu que as empreiteiras envolvidas na Operação Lava Jato deveriam ressarcir a Petrobras pelos prejuízos causados, além de auditar contratos superfaturados, revelar os nomes de quem recebeu e pagou propina e também explicar como funcionava o esquema dentro da estatal.

Jorge Hage assumiu a CGU em 2006 no segundo governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2002-2010). Um novo nome já está sendo estudado para o seu lugar.

Foto: CGU



No artigo

2 comments

  1. Joca Responder

    Um grande brasileiro que muito contribui no combate à corrupção; não será fácil encontrar alguém à altura.

  2. Joca Responder

    Um grande brasileiro que muito contribuiu no combate à corrupção; não será fácil encontrar alguém à altura.


x