Mara Gabrilli quebra silêncio tucano em relação a Bolsonaro

"É deplorável a insistência de Jair Bolsonaro em utilizar a Tribuna do Plenário da Câmara dos Deputados para fazer apologia à discriminação e incitar à violência contra as mulheres e os homossexuais", disse a deputada.

1680 4

“É deplorável a insistência de Jair Bolsonaro em utilizar a Tribuna do Plenário da Câmara dos Deputados para fazer apologia à discriminação e incitar à violência contra as mulheres e os homossexuais”, disse a deputada

Por Brasil 247

A deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP) quebrou o silêncio tucano em relação ao deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), que, na semana passada, agrediu a colega Maria do Rosário (PT-RS).

Leia, abaixo, a nota de repúdio de Mara Gabrilli:

É deplorável a insistência de Jair Bolsonaro em utilizar a Tribuna do Plenário da Câmara dos Deputados para fazer apologia à discriminação e incitar à violência contra as mulheres e os homossexuais. Desse modo, o deputado viola constantemente os princípios da igualdade de direitos e do respeito à dignidade humana.

Defende o estupro ao afirmar que não estupraria a deputada Maria do Rosário somente porque “ela não merece”, “porque é feia” e “não é o meu gênero”. Não é possível ficar calada diante de tais declarações. Lamento ampliar ainda mais a visibilidade desses discursos que só maculam o Congresso Nacional.

Repudio veementemente as atitudes do deputado Jair Bolsonaro que configuram claramente um obstáculo ao bem-estar da sociedade e à diversidade da família brasileira.

Foto: Brasil 247



No artigo

4 comments

  1. Brasileiro Patriota Responder

    Sou Brasileiro pai de 3 filhas e jamais apoiaria algo contra elas. A mídia tendenciosa como este site tenta inverter valores e deturpar a verdade. Lutarei até a morte ao lado do Bolsonaro contra o PT que está destruindo os valores do Brasil no intuito de instituir uma ditadura bolivariana.

  2. Henrique Responder

    A deputada Maria do Rosário, do PT, chamou o deputado Bolsonaro de estuprador.
    Essa deputada gosta de estuprador. Ela é defensora dos Direitos Humanos.
    Pelo jeito a deputada Mara Gabrilli também gosta de estuprador.
    Veja como é tratado um estuprador.
    http://youtu.be/-29cL_S6Pl8

    1. Suren Responder

      Realmente esta porcaria de direitos humanos ou melhor indireitos desumanos,protege este bando de vagabundos ,marginais.Ascos da sociedade.Deveriam levar á casa destes advogados de terceira classe e oferecer as esposas deles a este marginal.

  3. Antonio Carlos Responder

    Essa deputada deveria mudar de partido, pois ataca o Bolsonaro e é lógico, desculpa a Maria por te-lo chamado de estuprador, dando ciência exata de que lado ela está. O PSDB deveria pedir sua expulsão do partido, pois é claro que ela não tem noção do que fala – igual a alguém que conhecemos. O Bolsonaro reagiu, e o fez muito bem, pois quem cala consente. A Maria quando ele começou a falar, simplesmente saiu correndo, como boa covarde. Deveria ser processada por injúria, eu o faria.


x