A história do prefeito que roubava

O PSDB é o campeão brasileiro de ficha-suja, segundo o TSE. Agora temos um caso de um prefeito tucano, do município de Itaguaí, no Rio de Janeiro, que roubava como se não houvesse amanhã. Mesmo assim, para os coxinhas, a corrupção no Brasil...

681 0

O PSDB é o campeão brasileiro de ficha-suja, segundo o TSE.  Agora temos um caso de um prefeito tucano, do município de Itaguaí, no Rio de Janeiro, que roubava como se não houvesse amanhã. Mesmo assim, para os coxinhas, a corrupção no Brasil é culpa apenas do PT.

Por Miguel do Rosário, no seu blogue

Coxinhas são engraçados.

O PSDB é o campeão brasileiro de ficha-suja, segundo o TSE.

A privataria tucana não apenas foi o maior escândalo de corrupção da nossa história. Foi entrega de soberania.

Botaram até tanques de guerra na Praça XV, para poderem vender a Vale a preço vil.

Agora temos um caso de um prefeito tucano, do município de Itaguaí, no Rio de Janeiro, que roubava como se não houvesse amanhã.

Mesmo assim, para os coxinhas, a corrupção no Brasil é culpa apenas do PT.

As acusações contra o prefeito de Itaguaí são de que a sua quadrilha desviava mais de R$ 30 milhões por mês, correspondente a 30% da arrecadação mensal da prefeitura.

Comissão de 30%, só mesmo tucano.

Você não vai ler nenhum editorial indignado quanto a isso.

Nenhum coxinha vai fazer manifestação.

Jabor não vai falar nada.

Merval, caladinho.

Ninguém na Jovem Pan vai comentar o caso.

Gilmar Mendes também não parece interessado.

Para não ser injusto, o caso merece apenas uma nota do Janio de Freitas, na Folha.

E só.

Imagem de capa: TSE



No artigo

x