Confira programação completa da posse de Dilma Rousseff

A cerimônia conta com passeio em carro aberto pela Esplanada dos Ministérios, discurso no Palácio do Planalto e recepção de autoridades estrangeiras no Itamaraty.

790 0

A cerimônia conta com passeio em carro aberto pela Esplanada dos Ministérios, discurso no Palácio do Planalto e recepção de autoridades estrangeiras no Itamaraty

Por Portal EBC

Neste 1º de janeiro de 2015, a presidenta reeleita Dilma Rousseff toma posse em Brasília para seguir à frente do Executivo brasileiro durante os próximos quatro anos. A cerimônia tem início previsto às 14h15 (horário de Brasília), e segue programação com percurso em carro aberto pela Esplanada dos Ministérios, passando pelo Congresso Nacional, onde Dilma e Michel Temer prestam o Compromisso Constitucional, até a chegada ao Palácio do Planalto, onde a presidenta fará discurso.

Saiba como será a cerimônia de posse:

1. Saída do Palácio da Alvorada

Escoltada por policiais e fuzineiros navais, Dilma Rousseff sai de sua residência oficial, no Palácio da Alvorada, e segue até a Catedral de Brasília, onde é feita a troca do carro oficial para o carro aberto.

Projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, a Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida foi o primeiro monumento a ser criado em Brasília. Sua pedra fundamental foi lançada em 12 de setembro de 1958 e sua inauguração em 31 de maio de 1970.

2. Chegada ao Congresso Nacional

congresso_nacional_0
Congresso Nacional (Foto: Rodolfo Stuckert / Câmara dos Deputados)

Dilma Rousseff e o vice-presidente, Michel Temer, seguem em carro aberto até o Congresso Nacional, onde receberão honras militares e será executado o Hino Nacional. Após serem recebidos pelos Presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados, prestam o Compromisso Constitucional.

O Primeiro-Secretário da Mesa do Congresso faz a leitura do termo de posse e o presidente do Congresso Nacional os declaram empossados. No local, a presidenta faz o primeiro discurso como reeleita.

O prédio do Congresso Nacional foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer e inaugurado em 21 de abril de 1960. O monumento é composto pelo Senado Federal (cúpula convexa) e pela Câmara dos Deputados (cúpula côncava). Nesta sede foram elaboradas as Constituições de 1967 e 1988.

3. Palácio do Planalto

Dilma Rousseff e Michel Temer se dirigem ao Palácio do Planalto. A presidenta caminha até o Parlatório, onde fará novo discurso. No Salão Nobre, a nova equipe do governo é empossada e todos seguem para o Salão Oeste para a foto oficial.

O Palácio do Planalto é a sede do Poder Executivo Federal e o local onde está o Gabinete Presidencial do Brasil. Inaugurado em 1960, foi o centro das comemorações da inauguração de Brasília. O projeto arquitetônico é marcado pelas linhas horizontais de Oscar Niemeyer, enquanto os jardins são da autoria de Burle Marx.

4. Palácio do Itamaraty

A presidenta Dilma Rousseff e o vice Michel Temer seguem para um coquetel no Palácio do Itamaraty, onde receberão as missões especiais estrangeiras e as altas autoridades da República.

O Palácio do Itamaraty é a sede do Ministério das Relações Exteriores do Brasil. Também conhecido como Palácio dos Arcos, o edifício é uma das obras mais conhecidas de Niemeyer. O prédio é rodeado por um espelho d’água que serve de cenário para a famosa escultura “O Meteoro”, de Bruno Giorgi.



No artigo

x