Em nota, Dilma Rousseff diz estar “consternada” com execução de brasileiro na Indonésia

A presidenta, em comunicado, disse reconhecer as “gravidades dos crimes que levaram à condenação de Archer”, mas que insistiu em um “apelo humanitário” Pro Redação A presidenta Dilma Rousseff declarou, em comunicado oficial, que...

834 7

A presidenta, em comunicado, disse reconhecer as “gravidades dos crimes que levaram à condenação de Archer”, mas que insistiu em um “apelo humanitário”

Pro Redação

A presidenta Dilma Rousseff declarou, em comunicado oficial, que lamenta “profundamente” a execução do brasileiro Marco Archer, realizada na tarde deste sábado (17). Rousseff, também enviou uma palavra “pesar e conforto” à família de Archer, que foi condenado à morte por tráfico de drogas.

O comunicado divulgado pelo governo Federal informa que o embaixador do Brasil em Jacarta, Paulo Alberto da Silveira Soares, será chamado para consultas. Na mesma nota, a presidenta declara a execução de Archer “afeta gravemente as relações” entre Brasil e Indonésia.

Em 2004, Marco Archer, que era instrutor de voo livre, foi preso no aeroporto de Jacarta com 13kg de cocaína. O ex-presidente Lula já havia tentado intervir no caso pedindo clemência ao governo local, mas sem sucesso.

Na Indonésia, o tráfico de drogas é punido com a pena de morte.

A seguir, confira a nota do governo Federal na íntegra:

“Nota à imprensa

A Presidenta Dilma Rousseff tomou conhecimento – consternada e indignada – da execução do brasileiro Marco Archer ocorrida hoje às 15:31 (horário de Brasília) na Indonésia.

Sem desconhecer a gravidade dos crimes que levaram à condenação de Archer e respeitando a soberania e o sistema jurídico indonésio, a Presidenta dirigiu pessoalmente, na sexta-feira última, apelo humanitário ao seu homólogo Joko Widodo, para que fosse concedida clemência ao réu, como prevê a legislação daquele país.

A Presidenta Dilma lamenta profundamente que esse derradeiro pedido, que se seguiu a tantos outros feitos nos últimos anos, não tenha encontrado acolhida por parte do Chefe de Estado da Indonésia, tanto no contato telefônico como na carta enviada, posteriormente, por Widodo.

O recurso à pena de morte, que a sociedade mundial crescentemente condena, afeta gravemente as relações entre nossos países.

Nesta hora, a Presidenta Dilma dirige uma palavra de pesar e conforto à família enlutada.

O Embaixador do Brasil em Jacarta está sendo chamado a Brasília para consultas.

Secretaria de Imprensa
Secretaria de Comunicação Social
Presidência da República”



No artigo

7 comments

  1. Valquíria Responder

    É um tempo de miséria humana abundante , tanto é que , a carniça disponível pouco adianta , ou surte efeito , para uma multidão de urubus e abutres com tanto sangue nos olhos . A raça humana está em colapso .

    1. Carlos Responder

      Miséria humana é quem defende criminosos ou o crime por qualquer ideologia, a esquerda em sua essência é criminosa dai a sua “preocupação com os direitos humanos”, os verdadeiros direitos humanos são os de Singapura homicídios de cidadãos 0, bandidos se forem pegos mortos.

  2. Carlos Augusto Responder

    Poxa senhora Dilma na minha região traficantes e bandidos mataram mais de 10 em uma semana, alguns inocentes trabalhadores, dois policiais mortos só hoje, onde está a Dilma e o governo, preocupado com um presidente que trata bandido como bandido? Sinceramente tenho pena de vitimas, esconder Cocaína em asa delta e se não fosse pego tava rindo da kra do presidente da presidenta onde for. A esquerda tem pena de bandidos quero ver eles terem pena de vcs.

  3. mineiro Responder

    que me desculpe,traficante nao é santo e vamos parar de hipcrisia. esses dois foram para la vender drogas e se deu mal. achando que a indonesia é igual ao brasil. eles sabiam que tinha pena de morte la e mesmo assim foram para com drogas , achando que iria se dar bem , é o tal jeitinho brasileiro. e deu no que deu. a e outra coisa , quantas vidas esses vermes dos traficantes nao tiram todo dia e arruinam milhares de familias mundo afora. nao é porque é brasileiro que nao é criminoso, é criminoso sim e eles ajudaram a matar muitas vidas atraves da droga. entao vamos deixar de hipocrisia , eles infelizmente teve um que nao achavam que iria ter, e teve. agora que sirva de exemplo para muitos.

  4. mineiro Responder

    a e outra coisa, nao defendendo ninguem , mas so ressaltando uma coisa, se fosse uma celebridade americana endinheirada , esses nojentos que se acham donos do mundo. fossem pego dentro da indonesia, eles teriam a mesma atitude? nao que estou defendo esses vermes traficantes , mas teriam a mesma atitude? se valer para uns , tem que valer para outros.

  5. Carlos Responder

    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=731648213598768&set=a.305397759557151.66208.100002607887803&type=1&theater

    É verdade ou não é que o governo atualmente só defende bandido de todos os tipos, porque será?


x