Guia rápido para as eleições na Grécia

A eleição que criou mais expectativas nos últimos anos – tanto para a direita, quanto para a esquerda – e ao final do dia, o mundo então saberá se a esperança venceu o medo...

396 0

A eleição que criou mais expectativas nos últimos anos – tanto para a direita, quanto para a esquerda – e ao final do dia, o mundo então saberá se a esperança venceu o medo na Grécia

Por  Esquerda.net

 – A votação começou às 7 horas da manhã e termina às 19h ( 15h em Brasília).

– Os eleitores são 9,8 milhões, sendo que mais de um terço está concentrado na região metropolitana da Ática, que inclui Atenas.

 – As sondagens de boca-de-urna serão divulgadas no encerramento das urnas. Haverá uma primeira estimativa dos resultados baseada nas contagens dos votos às 21h30 locais e outra estimativa mais precisa à meia-noite. A contagem oficial pode ser acompanhada no site do Ministério do Interior.

– São 22 os partidos que se apresentam aos eleitores. Para eleger deputados, precisam de menos 3% dos votos. As sondagens indicam que pelo menos sete ultrapassarão essa marca.

 – Pela lei grega, o partido que obtiver o primeiro lugar recebe um bônus de 50 deputados.

– Tomada a posse, o novo primeiro-ministro terá 15 dias para obter a confiança do Parlamento, precisando, para isso, do apoio de 151 deputados do Parlamento de 300.

– Se nenhum partido tiver maioria absoluta, o presidente da República dá ao líder do partido mais votado três dias para formar governo. Se não conseguir, a mesma tarefa é entregue ao líder do segundo partido mais votado; se também este fracassar, o testemunho passa para o líder do terceiro partido.

 – Se nenhum deles tiver sucesso, o PR pedirá a formação de um governo de unidade nacional. Se também este governo não for possível, todos os partidos são convidados a formar um governo interino para preparar novas eleições.

Confira aqui nossa matéria sobre o Syriza, o partido de esquerda favorito para vencer as eleições.

Foto de Capa: Esquerda.net



No artigo

x