“Minoria golpista se organiza como fizeram com Getúlio e Jango”, diz Lindberg Farias

Senador rebateu líder do PSDB que defendeu impeachment de Dilma Rousseff; para petista, tucanos “incentivam” golpe

736 1

Senador rebateu líder do PSDB que defendeu impeachment de Dilma Rousseff; para petista, tucanos “incentivam” golpe

Por Redação

 O senador Lindberg Farias (PT-RJ) rebateu o líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), que defendeu nesta segunda-feira (9) a abertura de um debate sobre o impeachment da presidenta Dilma Rousseff. O petista destacou uma “minoria golpista” se organiza incentivada pelo PSDB.

“Não é acusar o povo de golpista, mas tem uma minoria golpista se organizando nesse país, como fizeram com Getúlio e João Goulart. Estimuladas, sim, pelo PSDB, que questionou o processo eleitoral ao seu final (…) Vocês estão sendo maus perdedores. Isso é golpismo! Não me venha comparar momentos que não tem nada a ver com a história. Aqui, é grito de quem perdeu a eleição e está querendo mudar o resultado”, criticou o senador petista.

A fala do senador tucano foi em defesa de uma manifestação convocada para o dia 15 de março que tem como pauta a deposição da presidenta da República. “Ao mesmo tempo em que se convocam manifestações para o dia 15 de março, não se pode falar em golpismo quando se pronuncia a palavra impeachment (…) está escrita em nossa Constituição e, portanto, pode ser um tema constitucional, não tem de causar arrepio em ninguém”, declarou o senador tucano Cássio Cunha Lima.

Foto: Brasil247

 



No artigo

1 comment

  1. mineiro Responder

    é bom o pt bundao abrir o olho , porque ate os eleitores desse poste de pres. ja estao começando a odiar ela tambem , ela e esse que chama de partido. odiando pela falta de coragem em defender o pais dos golpistas. esse é o odio se esse partido de m…………….na começar a guerra. vai ser odiado dos dois lados , que é a maior vergonha de um partido. o pt esse poste de pres. ta conseguindo isso.


x