Pela primeira vez na história, Papa recebe grupo gay no Vaticano

Em mais uma atitude que sinaliza uma abertura maior da igreja católica, o Papa Francisco convidou 50 católicos homossexuais para participar de uma audiência e de uma cerimônia; no mês passado, pontífice recebeu um transexual

1580 0

Em mais uma atitude que sinaliza uma abertura maior da igreja católica, o Papa Francisco convidou 50 católicos homossexuais para participar de uma audiência e de uma cerimônia; no mês passado, pontífice recebeu um transexual 

Por Redação 

O Papa Francisco demonstrou essa semana, mais uma vez, que procura ser um líder religioso com uma postura distinta de seus antecessores, sinalizando uma abertura para a igreja católica. Nesta quarta-feira (18), o pontífice recebeu, pela primeira vez, um grupo de 50 católicos homossexuais no Vaticano para uma audiência e, na sequência, uma cerimônia.

Os jovens católicos homossexuais são norte-americanos e fazem parte da New Ways Ministry, entidade que prega a diversidade e direitos homossexuais no catolicismo.

O Vaticano não divulgou o conteúdo da audiência, mas as informações são de que o convite teria partido do próprio pPapa.

Apesar do encontro ser confidencial, essa não é a primeira vez que o religioso procura abrir diálogo com grupos historicamente excluídos pela igreja católica. Em janeiro deste ano, Francisco recebeu no Vaticano transexual Diego Neria Lejarraga, de 48 anos, junto com sua namorada

Foto: Tânia Rêgo/ABr

 



No artigo

x