Número de acidentes, mortos e feridos no Carnaval é o menor dos últimos 8 anos

Os índices mostram redução de 22% na quantidade de acidentes, 28% na taxa de mortos e 18% na taxa de feridos, comparados com o mesmo período do ano passado.

795 0

Os índices mostram redução de 22% na quantidade de acidentes, 28% na taxa de mortos e 18% na taxa de feridos, comparados com o mesmo período do ano passado

Por Redação

O índice de acidentes, mortos e feridos é o menor registrado nos últimos oito anos durante o feriado de carnaval nas rodovias federais. Foram 31,7 acidentes para cada milhão de veículos em circulação, que resultaram em 1,37 mortos para cada grupo de um milhão de veículos e 20,4 feridos por milhão, no período entre a última sexta-feira (13) até a quarta-feira de cinzas (18). Os dados são da Polícia Rodoviária Federal.

Os números mostram redução de 22% na quantidade de acidentes, 28% na taxa de mortos e 18% na taxa de feridos, comparados com o mesmo período do ano passado. Dos mais de 85 mil “testes do bafômetro” realizados, 372 resultaram na prisão do condutor e 2.006 geraram a sanção administrativa, que é a multa de R$1.915, 40, o recolhimento da habilitação e a retenção do veículo.

Mesmo o estado de Minas Gerais, com um histórico de altos índices de ocorrências nos feriados de carnaval, registrou queda de 47% na taxa de mortos em 2015. Bahia e Paraná, estados também considerados críticos neste período de festividades, tiveram os índices de mortes reduzidos, com quedas de 39% e 67% respectivamente.

A Operação Carnaval foi inserida na segunda etapa da Operação Integrada Rodovida, realizada em uma parceria entre a Casa Civil, Ministérios da Justiça, Saúde, Cidades, Transportes, além de órgãos estaduais e municipais, com o objetivo de reduzir a violência no trânsito.

Foto de capa: Arquivo/Agência Brasil

 

 



No artigo

x