Legalização da maconha entra em vigor no Alasca

Estado é o terceiro norte-americano a autorizar o uso recreativo da erva, assim como Washington e Colorado; liberação em Oregon será definida em julho

720 0

Estado é o terceiro norte-americano a autorizar o uso recreativo da erva, assim como Washington e Colorado; liberação em Oregon será definida em julho

Por Redação

Nesta terça-feira (24), entrou em vigor a lei que autoriza os cidadãos com mais de 21 anos que vivem no Alasca  a consumir maconha em ambientes privados. Em novembro, os eleitores haviam aprovado a legalização com 53% dos votos a favor.

Cada pessoa poderá carregar até 28 g de maconha e cultivar até seis plantas em suas casas. Uma segunda fase do processo de legalização, que criará um mercado regulado e taxado, deve começar somente em 2016.

Enquanto a posse de maconha não é mais um crime no estado, consumir a droga em local público renderá mula de US$ 100. Grupos apoiadores da legalização da maconha, como o Marijuana Policy Project, estão lançando uma campanha de conscientização aos usuários orientando o “consumo com responsabilidade”.

“As leis estaduais que permitem os adultos a usar maconha não são mais novidade”, disse Mason Tvert, diretor de comunicação do Marijuana Policy Project, ao The Huffington Post. “Não vai demorar muito para que a medida se espalhe para todo o país. Colorado e Washington estão provando que liberar a maconha funciona, e o Alaska, também”, acrescentou.

O estado se tornou o terceiro norte-americano a legalizar o uso recreativo da maconha – além de Washington e Colorado. Outros 20 estados já autorizaram a comercialização e o consumo da maconha para fins medicinais.

 

Foto: Maj. Will Cox/ Fotos Públicas



No artigo

x