SC: Homem invade apartamento para arrancar bandeiras do MST e PCdoB

Em protesto anti-PT no município de Chapecó, um manifestante invadiu o apartamento de duas mulheres para retirar as bandeiras vermelhas da sacada, apoiado por gritos e aplausos do grupo. Ele é acusado de agressão pelas moradoras; assista ao vídeo.

1395 0

Em protesto anti-PT no município de Chapecó, um manifestante invadiu o apartamento de duas mulheres para retirar as bandeiras vermelhas da sacada, apoiado por gritos e aplausos do grupo. Ele é acusado de agressão pelas moradoras; assista ao vídeo

Por Maíra Streit

No último sábado (28), um protesto contra a presidenta Dilma e o PT contou com cenas de agressão e intolerância em Chapecó (SC). O grupo passava por um prédio quando avistou bandeiras do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e do PCdoB em um dos apartamentos. Sem pensar duas vezes, um dos manifestantes invadiu o domicílio de duas mulheres, na tentativa de retirar as bandeiras à força, e recebeu o apoio da massa com gritos e aplausos.

As moradoras acusam o homem de invasão, além de agressão física e verbal. Um boletim de ocorrência, inclusive, já foi registrado contra ele por decorrência do ato. Uma fonte que diz conhecer o manifestante o identificou como Alex e afirmou que o invasor é natural do Rio de Janeiro e veio para o interior catarinense para trabalhar em uma empresa de aviação. Ele seria uma figura conhecida por suas posições anti-esquerdistas.

O militante do PCdoB em Chapecó Sérgio Scheffer condenou a atitude, que classifica como uma “insanidade”. “É um ato de destempero e descontrole total. Ele está cerceando o direito das pessoas de terem a sua opinião política. Esse é um grupo mais radicalizado, mais à direita, muito alimentado pelas redes sociais, que propagam essas ideias”, comenta.

Confira, no vídeo abaixo, o momento da invasão:

Foto: Facebook / Renova Santa Catarina



No artigo

x