‘Veja’ reconhece mentira sobre festa do sobrinho de Lula

Em nota, a revista pediu desculpas aos leitores e ao ex-presidente Lula pelas informações falsas publicadas no último dia 18 sobre a festa de um suposto sobrinho do ex-presidente, no valor de R$ 220 mil.

1488 0

Em nota, a revista pediu desculpas aos leitores e ao ex-presidente Lula pelas informações falsas publicadas no último dia 18 sobre a festa de um suposto sobrinho do ex-presidente, no valor de R$ 220 mil

Por Redação

Brasília – Nesta segunda-feira (2), a revista Veja divulgou uma nota pedindo desculpas ao ex-presidente Luiz Inácio da Silva e também aos leitores pela matéria do repórter Ullisses Campbell sobre a festa de aniversário realizada para um suposto sobrinho de Lula em Brasília. Campbell havia dito que a família teria arcado com o valor de R$ 220 mil em dinheiro à organização do evento e distribuído Ipads de presente para os convidados.

O Instituto Lula desmentiu as informações e ressaltou que o petista não tem nenhum sobrinho de nome Thiago morando na capital federal, diferentemente do que sugeriu a revista. “Repudiamos a divulgação reiterada de notícias falsas sobre o ex-presidente que tem acontecido por perfis apócrifos nas redes sociais ou por veículos jornalísticos pouco responsáveis com seus leitores”, dizia o texto assinado pela assessoria de imprensa.

A retratação de Veja veio depois de treze dias da data da publicação. “É errada a nota ‘Celebração estrelada’, publicada na edição do dia 18 de fevereiro (pág. 16), por VEJA BRASÍLIA, dando conta dos preparativos de uma festa que homenagearia um sobrinho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no bufê Aeropark, no Distrito Federal. Pelo equívoco, VEJA BRASÍLIA se desculpa com seus leitores e, mesmo que a nota não contivesse conotação negativa, se desculpa também com o ex-presidente e sua família por quaisquer transtornos que possa ter ocasionado”, afirmou o comunicado divulgado pela revista.

Procurada pela Fórum, a empresária Patrícia Farias, dona do buffet infantil Aeropark, informou que não comentaria o caso. Na última semana, outro fato grave veio à tona ao mostrar as investidas de Ullisses Campbell contra parentes de Lula. A família de Frei Chico, irmão do ex-presidente, registrou um boletim de ocorrência, alegando que o repórter teria invadido seu condomínio.

Segundo o documento, o jornalista se passou por um entregador de livros para saber sobre horários de saída e chegada dos moradores da casa. Ele teria anotado, ainda, o nome, RG e CPF da babá do filho de Frei Chico, que, desconfiada, pediu ajuda para a equipe de segurança. Campbell fugiu e, localizado posteriormente pela Polícia Militar, se identificou como funcionário da revista Veja.

Confira abaixo a nota “Celebração estrelada”, que Veja admitiu ser falsa:

nota_falsa

Fotos: Reprodução



No artigo

x