Lava Jato: Janot pede arquivamento das investigações contra Dilma, diz jornal

No documento enviado ao STF, o procurador-geral da República teria feito a mesma recomendação em relação ao senador Aécio Neves (PSDB-MG).

416 0

No documento enviado ao STF, o procurador-geral da República teria feito a mesma recomendação em relação ao senador Aécio Neves (PSDB-MG)

Por Redação

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, recomendou ao Supremo Tribunal Federal (STF) o arquivamento das investigações contra a presidenta Dilma Rousseff (PT) na Operação Lava Jato.

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, no documento enviado ao ministro Teori Zavascki, Janot afirmou que a Constituição não permite que o chefe do Executivo seja investigado “por qualquer ato que não seja relacionado com o exercício do cargo da Presidência”, ocupado por Dilma pelo sexto ano seguido.

Ainda segundo o Estadão, as citações a Rousseff durante as apurações da Lava Jato provavelmente se referem ao período anterior a seus mandatos como presidenta.

Janot também teria recomendado o arquivamento do pedido de abertura de inquérito contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), por considerar que não há indícios suficientes para que uma investigação seja instaurada contra ele.

O conteúdo dos processos encaminhados ao STF deve ser revelado por Zavascki até a próxima sexta-feira (6), quando deve se manifestar sobre os 28 pedidos de abertura de inquérito e 7 de arquivamento que recebeu de Janot.

(Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil)



No artigo

x