‘Panelaço’ fracassou em seu objetivo, avalia PT

O secretário nacional de Comunicação do PT, José Américo Dias, concluiu que a manifestação não repercutiu nas áreas populares e perdeu o alcance: “Foi um movimento restrito que não se ampliou como queriam seus organizadores”; a página do Facebook "Sem Panelaço" ironiza o protesto,...

665 0

O secretário nacional de Comunicação do PT, José Américo Dias, concluiu que a manifestação não repercutiu nas áreas populares e perdeu o alcance: “Foi um movimento restrito que não se ampliou como queriam seus organizadores”; a página do Facebook “Sem Panelaço” ironiza o protesto, que teria mobilizado apenas alguns moradores de regiões nobres das grandes cidades

Por Redação

As manifestações que aconteceram neste domingo (8) em algumas cidades brasileiras durante pronunciamento da presidenta Dilma Rousseff, na avaliação do Partido dos Trabalhadores, foram orquestradas para impedir o alcance da mensagem, mas fracassaram em seus objetivos.

Segundo informações divulgadas pelo partido, o secretário nacional de Comunicação do PT, José Américo Dias, concluiu que a mobilização não repercutiu nas áreas populares e perdeu o alcance. “Foi um movimento restrito que não se ampliou como queriam seus organizadores”, afirmou. Para o secretário, há indícios de que a ação tenha sido financiada por partidos da oposição, que organizam um golpe contra a atual gestão.

Na opinião do coordenador das redes sociais da legenda, Alberto Cantalice, essas reações são semelhantes às que estimularam as chamadas “Marchas da Família”, com o apoio da grande mídia, e se tornaram os baluartes do golpe que derrubou o presidente João Goulart. “Hoje, reciclados, investem em novas formas de atuação buscando galvanizar os setores populares”, destacou.

O protesto, realizado basicamente por moradores de áreas nobres das grandes cidades, foi ironizado na internet. A página do Facebook “Sem Panelaço” publicou um levantamento alertando que a manifestação se restringiu a uma minoria da população, ao contrário do que tenta mostrar a grande imprensa.

Foto de capa: Agência PT



No artigo

x