“Ser chique é saber votar, não gritar ‘Fora Dilma’ na janela”

Consultora de moda critica panelaço em bairros nobres de São Paulo

3591 0

Panelaço durante o pronunciamento de Dilma foi um dos principais assuntos no Twitter

Por Redação

Os gritos de “Fora Dilma”, panelaços e buzinas durante o pronunciamento da presidenta Dilma Rousseff na noite deste domingo (8) repercutiram no Twitter. O “protesto” contra a presidenta pode ser ouvido em bairros nobres da capital paulista, como Higienópolis, Pinheiros e Moema.

O assunto tomou conta das redes sociais neste domingo (8). Opositores ao governo, como o cantor Lobão, o senador Ronaldo Caiado (DEM), entre outros se manifestaram a favor do protesto.

Já o  jornalista Marcelo Rubens Paiva, por exemplo, ironizou: “Panelaço? Estava mais pra baixeladas de prata. Amanhã as empregadas vão dar broncas nas patroas que amassaram as panelas delas no Dia da Mulher?”. E ainda lembrou: “Quem grita Fora Dilma sabe quem pôr no lugar? Se soubesse da lista sucessória, batia só panela.”

O perfil que parodia a consultora de moda Gloria Kalil foi um dos mais retuitados do microblog: “Ser chique é saber votar, não ficar incomodando os vizinhos batendo panela e gritando na janela fora Dilma. Ficar gritando Fora Dilma na janela além de incomodar os vizinhos é uma atitude deselegante.” Vale lembrar que o perfil é fake, segundo a assessoria da colunista, ela não se manifesta sobre política.

O teólogo Leonardo Boff afirmou: “O panelaço saiu desmoralizado porque era daqueles que têm as panelas cheias; não querem um governo que ajuda o povo a encher a suas vazias”.

Nota atualizada às 12h44



No artigo

x