PT fica com Comissão de Direitos Humanos da Câmara

Após intensa negociação, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) foi eleito presidente da CDHM

390 0

Após intensa negociação, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) foi eleito presidente da CDHM

Por Thyago Marcel, da Agência Câmara

Após uma semana de intensa negociação, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) assume a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM). Com candidatura única, o congressista foi eleito nesta quinta-feira (12) por 14 votos. Dos 17 integrantes da comissão, apenas três não votaram em Pimenta e preferiram deixar o voto em branco.

Desde a quarta-feira da semana passada, o colegiado tenta preencher a cadeira mais importante da comissão. Com o resultado, líderes conseguiram manter o acordo firmado no início desta Legislatura (2015-2019), com a formação do bloco partidário formado pelo PSD, PR, Pros, PCdoB, além do próprio PT.

O PT, portanto, ficou com duas comissões na Casa: esta e a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, com Vicente Candido (PT-SP). A CDHM era a única das 23 permanentes da Casa que ainda não tinha definido seu presidente.

Pimenta comandará a comissão pelo período de um ano. Na última quarta-feira (4), seu nome chegou a ser dado como certo, mas uma manobra da bancada evangélica adiou a confirmação (leia mais aqui).

(Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)



No artigo

x