Coletivo Avante define nome de novo partido

Raiz Movimento Cidadanista será a denominação oficial; legenda deve ser fundada perto do dia 1º de Maio

1853 0

Raiz Movimento Cidadanista será a denominação oficial; legenda deve ser fundada perto do dia 1º de Maio

Por Redação

Luiza Erundina e Célio Turino no encontro que definiu o nome do futuro partido-movimento (Foto: Divulgação)
Luiza Erundina e Célio Turino no encontro que definiu o nome do futuro partido-movimento (Foto: Divulgação)

Inspirados por iniciativas como o Podemos, da Espanha, e o partido grego Syriza, um grupo de lideranças criou o coletivo Avante. Este era o nome provisório do que chamaram de partido-movimento. Agora, foi definida a denominação oficial: Raiz Movimento Cidadanista.

Segundo Célio Turino, um dos incentivadores do movimento, a escolha do nome se deu no 4º Encontro Nacional do Coletivo Avante (nome provisório até então), realizado no início de março em São Paulo. A proposta é contribuir “para o renascer da esperança na política”. Segundo o grupo, a previsão é que a fundação da legenda ocorra próximo ao Dia do Trabalhador, 1º de Maio.

“Raiz que vai crescer. Primeiro o tronco, depois os ramos, as folhas, as flores e por fim os frutos que há tanto esperamos. No mesmo momento em que muitos preparam suas armas, nós germinamos da terra e vamos frutificar”, diz Turino. “Raiz Movimento Cidadanista, por belas flores e bons frutos para um Brasil que vai brotar como nunca se viu”, completa.

O partido pretende estar à esquerda brasileira e entre seus entusiastas também está a deputada federal Luiza Erundina, hoje no PSB por São Paulo. Para ela, é um desafio a “construção de uma organização política capaz de nos levar de novo a acreditar e a sonhar com um País civilizado e verdadeiramente democrático onde todos e todas tenhamos assegurado o pleno exercício da cidadania”.

>>“É urgente criarmos novas formas de fazer política”, diz Luiza Erundina

>> A formação de um “Podemos brasileiro”?

Segundo Erundina, as referências para esse movimento são “experiências revolucionárias de vários países do mundo como Espanha, Grécia, Tunísia, Islândia, entre outros”. “Essa reflexão resultou na afirmação de princípios e ideias inspiradoras que constituem os fundamentos de uma nova utopia: a criação de um movimento político, articulado em rede, e que seja uma alternativa às práticas anacrônicas e viciadas dos atuais partidos políticos, motivo de indignação e revolta, em especial, da juventude brasileira”, diz.

No manifesto, intitulado “Carta Cidadanista”, o movimento diz que suas “raízes são profundas e trazem à tona as mais elevadas expressões da ética africana, da filosofia ameríndia e da política ocidental: Ubuntu, Teko Porã e Ecossocialismo. Destas raízes nasce o tronco do cidadanismo, forte, potente, generoso”.



No artigo

x