Em nova coleção, Risqué homenageia homens que “fazem o jantar”e “mandam flores”

Resultado da campanha, "inspirada nos homens que fazem a diferença na vida das consumidoras", é um grande clichê sexista; linha de esmaltes causou polêmica nas redes sociais.

882 0

Resultado da campanha, “inspirada nos homens que fazem a diferença na vida das consumidoras”, é um grande clichê sexista; linha de esmaltes causou polêmica nas redes sociais

Por Redação

(Reprodução)
(Reprodução)

A marca de esmaltes Risqué recebeu uma onda de críticas nas redes sociais após o lançamento de sua coleção Outono/Inverno 2015, “Homens que amamos”.

Os produtos, inspirados “nos homens que fazem a diferença na vida das consumidoras”, receberam nomes como “André fez o jantar”, “Fê mandou mensagem”, “Guto fez o pedido” e “Leo mandou flores” – os velhos clichês sexistas.

O que os internautas contestam é o “tributo” que a campanha presta às figuras masculinas, colocando atitudes como “fazer o jantar” na posição de gentileza ou cavalheirismo por parte dos homens, e não como algo normal, resultado da igualdade entre os sexos.

Os novos esmaltes e suas peças de divulgação, portanto, iriam na contramão da luta por paridade de gênero, já que isso pressupõe, por exemplo, que tarefas domésticas não sejam apenas responsabilidades femininas, ou que mulheres não devam “homenagear” homens simplesmente porque as convidaram para sair ou disseram que as amam.

Os críticos da linha também questionam o foco na imagem masculina, sendo que os produtos retratados são voltados ao público feminino.

(Reprodução/Twitter)
(Reprodução/Twitter)

Confira outros tweets que ironizam a campanha:

Captura de Tela 2015-03-23 às 15.22.16
(Reprodução/Twitter)
Captura de Tela 2015-03-23 às 15.32.44
(Reprodução/Twitter)
(Reprodução/Twitter)
(Reprodução/Twitter)
(Reprodução/Twitter)
(Reprodução/Twitter)
(Reprodução/Twitter)
(Reprodução/Twitter)

 



No artigo

x