Tijolaço: Fortes, o da lista do HSBC, era tesoureiro do PDSB . Mas “podemos tirar, se achar melhor”

Em matérias da mídia tradicional, faltou dizer que o tucano era, especificamente, o tesoureiro nacional do partido, e não faz muito tempo. Se a conta fosse de João Vaccari, do PT, ele seria apresentado como tesoureiro ou “membro da Executiva”?

903 0

Em matérias da mídia tradicional, faltou dizer que o tucano era, especificamente, o tesoureiro nacional do partido, e não faz muito tempo. Se a conta fosse de João Vaccari, do PT, ele seria apresentado como tesoureiro ou “membro da Executiva”?

Por Fernando Brito, do Tijolaço

fortes

Faltou um “pequeno detalhe” nas matérias de O Globo e de Fernando Rodrigues, do UOL, sobre Márcio Fortes, o político tucano com depósitos no HSBC de Genebra, cujas contas secretas vazaram e estão sendo conhecidas a conta-gotas..

É que ele é descrito, genericamente, como “membro da Executiva do PSDB”.

Faltou dizer que era, especificamente, o tesoureiro nacional do partido, e não faz muito tempo.

Você pode conferir aí em cima na página do próprio PSDB, em dezembro de 2008, aliás numa reunião presidida pelo Sérgio 10 milhões pela CPI Guerra.

Se a conta fosse de João Vaccari, do PT, ele seria apresentado como tesoureiro ou “membro da Executiva”?

Manchete garantida no Brasil inteiro.

Marcio Fortes é tucano de quatro costados, foi presidente do BNDES e  – segundo a Agência Podemos Tirar Se Achar Melhor Reuters- era atuante na coleta de recursos para a campanha de José Serra, em 2010:

“Outros tucanos, com bom trânsito junto à iniciativa privada, devem atuar na arredação, entre eles Márcio Fortes (candidato a vice na chapa de Fernando Gabeira ao governo do Rio) e Eduardo Jorge (vice-presidente executivo do PSDB)”.

Detalhes, pequenos detalhes, que podemos tirar, se achar melhor.



No artigo

x