Sede do PT é atacada com bomba caseira em São Paulo

O artefato, que seria um coquetel molotov, destruiu parte da porta principal, móveis e documentos, mas não deixou feridos. Incidente é o segundo contra diretórios do partido em menos de mês

697 0

O artefato, que seria um coquetel molotov, destruiu parte da porta principal, móveis e documentos, mas não deixou feridos. Incidente é o segundo contra diretórios do partido em menos de mês

Por Guilherme Franco

O diretório municipal do PT em São Paulo, localizado na Bela Vista, região central da capital, foi alvo de uma bomba de fabricação caseira na madrugada de quarta (25) para quinta-feira (26).

O artefato, um coquetel molotov, não deixou feridos, mas destruiu parte da porta principal de acesso ao escritório, atingindo a recepção. Na explosão, móveis e documentos foram destruídos.

De acordo com o site do partido, não havia ninguém no imóvel durante o ataque. O presidente municipal da legenda em São Paulo, Paulo Fiorilo, considerou o incidente parte de uma “onda de intolerância e ódio contra o PT”.

Este é o segundo ataque a diretórios do Partido dos Trabalhadores em menos de um mês. No dia 15 de março, data em que manifestantes contra o governo foram às ruas, a sede do PT em Jundiaí, interior de São Paulo, também foi alvo de um coquetel molotov.

Foto: Reprodução Youtube



No artigo

x