Réu abre fogo e mata três pessoas no Palácio da Justiça de Milão

Uma das vítimas era Fernando Ciampi, juiz do tribunal responsável pelos casos de falência fraudulenta, mesma acusação do suspeito.

353 0

Uma das vítimas era Fernando Ciampi, juiz do tribunal responsável pelos casos de falência fraudulenta, mesma acusação do suspeito

Por Guilherme Franco

Pelo menos três pessoas morreram e outras duas ficaram feridas depois que um atirador abriu fogo no Palácio da Justiça de Milão, na Itália, nesta quinta-feira (9). O atirador suspeito foi identificado como Claudio Giardiello, um cidadão italiano que é réu em um caso de falência fraudulenta. As autoridades locais informaram que uma das vítimas era um juiz da seção de falências chamado Fernando Ciampi.

Por meio de uma publicação no seu Twitter oficial, o ministro do Interior da Itália, Angelino Alfano, confirmou que o assassino foi levado a uma delegacia. Ele foi detido na cidade de Vimercate, a 25 km de Milão.

twitter

Os primeiros disparos aconteceram por volta das 11h (horário local, 6h de Brasília). Todas as entradas do tribunal foram bloqueadas pela polícia e ambulâncias foram enviadas ao local. O som de tiros no interior do Palácio de Justiça provocou pânico, com centenas de pessoas caindo nas escadas para tentar chegar às saídas. “De repente, ouvimos pelo menos três ou quatro tiros”, disse o advogado Marcello Ilia à agência de notícias AFP fora do edifício.

Foto: Amodiovalerio Verde/Flickr



No artigo

x