Polícia Federal deflagra nova fase da Lava Jato em 6 estados e no DF

Nesta etapa, intitulada A Origem, aproximadamente 80 policiais federais cumprem 32 mandados judiciais, sendo sete de prisão, nove de condução coercitiva e 16 de busca e apreensão.

483 0

Nesta etapa, aproximadamente 80 policiais federais cumprem 32 mandados judiciais, sendo sete de prisão, nove de condução coercitiva e 16 de busca e apreensão na manhã desta sexta-feira (10)

Por Redação

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta sexta-feira (10) a 11ª fase da Operação Lava Jato. Nesta etapa, intitulada A Origem, aproximadamente 80 policiais federais cumprem 32 mandados judiciais, sendo sete de prisão, nove de condução coercitiva e 16 de busca e apreensão.

Foram presos o ex-deputado federal André Vargas (ex-PT-PR, atualmente sem partido), o ex-deputado federal Luiz Argôlo (ex-PP e hoje no SD-BA), Pedro Correia (PP-PE e ex-presidente da legenda). Além deles, foram detidos o irmão de André Vargas, Leoon Vargas; Ivan Mernon da Silva Torres; Élia Santos da Hora, secretária de Argôlo, e Ricardo Hoffmann, diretor de uma agência de publicidade. Todos serão levados para a superintendência da Polícia Federal, em Curitiba.

A ação acontece em seis estados – Paraná, Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo – e no Distrito Federal. Segundo a PF, a atual fase se baseia em remessas de investigações do Supremo Tribunal Federal e apura fatos atribuídos a três grupos de ex-agentes políticos, que abrangem suspeitas de crimes de organização criminosa, quadrilha ou bando, corrupção ativa, corrupção passiva, fraude em procedimento licitatório, lavagem de dinheiro, uso de documento falso e tráfico de influência.

Além de fatos ocorridos na esfera da Petrobras, também são investigados nesta etapa desvios de recursos em outros órgãos públicos federais.

Com informações da Agência Brasil e outras agências

Foto: Divulgação Polícia Federal



No artigo

x