Governo propõe aumento do salário mínimo para R$ 854 em 2016

De acordo com o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016, enviado ao Congresso Nacional, o reajuste será de 8,37% a partir de 1º de janeiro

893 0

De acordo com o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016 enviado ao Congresso Nacional, o reajuste será de 8,37% a partir de 1º de janeiro

Por Guilherme Franco

Nesta quarta-feira (15), o governo apresentou uma proposta que reajusta o salário mínimo no próximo ano de R$ 788 para R$ 854. O valor consta no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016, enviado ao Congresso Nacional. Para 2017, o valor previsto é de R$ 900,1 e, para 2018, de R$ 961.

Com isso, o salário mínimo teria um aumento de 8,37% a partir de 1º de janeiro. Em março de 2014, o governo editou uma medida provisória mantendo a fórmula para os reajustes do mínimo de 2016 a 2019. Como não foi criada uma nova lei sobre o assunto, ele passa a ser definido exclusivamente pela LDO e pelo Orçamento Geral da União. Os valores, contudo, precisam ser negociados com o Congresso Nacional.

Esta proposta ainda pode ser alterada futuramente, em função de variações do crescimento do PIB em 2014 e da inflação pelo INPC em 2015. No ano passado, o PIB cresceu 0,1% e a inflação estimada pelo mercado financeiro na semana passada era de 8,34%.

Foto: Frederico Haikal



No artigo

x