Ministério da Cultura vai processar o Facebook

Às vésperas do Dia do Índio, a empresa censurou uma foto de um casal indígena na página do MinC.

1249 0

Às vésperas do Dia do Índio, a empresa censurou foto de um casal indígena na página do MinC

Por Redação 

O Ministério da Cultura vai entrar na Justiça contra o Facebook. Isso porque a empresa de Mark Zuckerberg, às vésperas do Dia do Índio, censurou uma foto postada na página do MinC em que aparecia um índio e uma índia com os seios descobertos. 

A foto foi publicada no último dia 15 em ocasião do lançamento do Portal Brasiliana Fotográfica, uma iniciativa da Fundação Biblioteca Nacional e Instituto Moreira Salles. 

Horas depois, o Facebook retirou a foto do ar. O Ministério até tentou o desbloqueio, mas a companhia manteve a decisão de censurar a fotografia alegando que “não se submete à legislação local”. 

“O Ministério da Cultura entende que o Facebook, ao aplicar termos de uso abusivos e sem transparência, tenta impor ao Brasil, e às demais nações do mundo onde a empresa opera, seus próprios padrões morais, agindo de forma ilegal e arbitrária. Tal postura fere a Constituição da República; o Marco Civil da Internet; o Estatuto do Índio e a Convenção da Unesco sobre Proteção e Promoção da Diversidade e das Expressões culturais. Também desrespeita a cultura, a história e a dignidade do povo brasileiro”, escreveu em nota o MinC. 

A fotografia sem censura pode ser conferida no Portal Brasiliana Fotográfica. 

Foto: Facebook Ministério da Cultura 



No artigo

x