Com demissões e aumento de taxas, bancos têm ano de lucros recordes

Segundo Dieese, cinco maiores instituições do País tiveram rentabilidade 18,5% maior que 2013. Foram extintos 5.104 postos de trabalho no período.

504 0

Segundo Dieese, cinco maiores instituições do País tiveram rentabilidade 18,5% maior que 2013. Foram extintos 5.104 postos de trabalho no período.

Da Redação

Estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) mostra que os cinco maiores bancos brasileiros tiveram recordes de lucro em 2014.

De acordo com o Dieese, Itaú, Bradesco, Banco do Brasil, Caixa e Santander lucraram R$ 60,3 bilhões, o que significa18,5% a mais que em 2013.
“Em 2014, os resultados dos cinco maiores bancos do país mostraram que não existe cenário ruim para o setor financeiro, independentemente do desempenho do conjunto da economia”, diz o estudo.

O que propiciou os recordes, segundo o leventamento, foram as cobranças de taxas e serviços e o corte de empregos. “Um dos fatores responsáveis por esse resultado foi a expressiva elevação das receitas com Títulos e Valores Mobiliários, decorrente das sucessivas elevações da Selic no ano passado”, aponta o estudo. “ Na busca pela chamada ‘eficiência operacional’, os bancos privados nacionais e o Santander deram continuidade ao fechamento de postos de trabalho, embora em ritmo menor que nos anos anteriores. Entre os bancos públicos, o Banco do Brasil seguiu a mesma tendência, enquanto a Caixa Econômica Federal continua sendo a única instituição com forte geração de emprego e concomitante melhora nos índices de eficiência.”

Segundo o Dieese, entre dezembro de 2013 e dezembro de 2014, o total de empregados nas cinco instituições passou de 456.220 para 451.116. Foram extintos 5.104 postos de trabalho no período.

Lucros dos bancos em 2014:
Itaú – R$ 20,6 bilhões
Bradesco – R$ 15,3 bilhões
Banco do Brasil – R$ 11,3 bilhões
Caixa – R$ 7,1 bilhões
Santander – R$ 5,8 bilhões



No artigo

x