Marca de Luciano Huck gera polêmica

Vitrine com manequins com cabeças de macaco ou veado traz a seguinte mensagem: “O preconceito está na sua cabeça” Por Redação...

1942 0

Vitrine com manequins com cabeças de macaco ou veado traz a seguinte mensagem: “O preconceito está na sua cabeça”

Por Redação

Foto: Reprodução/Facebook)
Foto: Reprodução/Facebook)

A marca de roupas Reserva, que tem como sócio o apresentador global Luciano Huck, tem causado polêmica na internet. Na vitrine de da grife carioca, manequins com cabeças de macaco ou um veado, acompanhados da mensagem: “O preconceito está na sua cabeça”.

A grife disse ao Uol Moda, que “tudo isso faz parte de um manifesto artístico criado pelo Felipe Morozini, já que o tema institucional neste Inverno 2015 é preconceito. A intenção obviamente não era a de ofender, mas sim abrir o diálogo sobre o preconceito em todas as frentes, já que o tema também foi abordado em todo o conteúdo da edição Inverno 2015 da revista Reserva. E as cabeças dos manequins são espelhadas justamente para propor uma reflexão.”

Nas redes sociais, os internautas alertam para a nova gafe da campanha de Huck. “É. A história é pura ficção. Negros/as nunca foram expostos/as em zoológicos junto aos macacos. É tudo coisa da nossa cabeça”, disse Gilza Marques, no Facebook. “O preconceito não tá na nossa cabeça não! Tá em todo canto! Na rua, nas universidades, nas escolas, nas seleções de trabalho, nos estereótipos midiáticos!”, alertou Siça Driely.

Em março, a marca “Use Huck”, também do apresentador, colocou à venda modelos com camisetas com estampas como “Vem ni mim que eu tô facin” (disponível para crianças) e “Salvem as baleias que eu salvo as sereias”. Na época, houve questionamentos nas redes sociais por incitar pedofilia, e a grife pediu desculpas e retirou estampa do site.



No artigo

x