“Tranquilamente, Dilma vai vetar”, diz Lula sobre PL da terceirização

"É um retrocesso a antes do governo Getúlio Vargas. Estamos voltando a 1930 tentando estabelecer uma relação de trabalho onde só tem um ganhador: o patrão", afirmou o ex-presidente em evento comemorativo da greve de 1980

649 0

“É um retrocesso a antes do governo Getúlio Vargas. Estamos voltando a 1930 tentando estabelecer uma relação de trabalho onde só tem um ganhador: o patrão”, afirmou o ex-presidente em evento comemorativo da greve de 1980

Por Redação

Em evento realizado na última terça-feira (28) por sindicalistas em comemoração aos 35 anos da greve de 1980, o ex-presidente Lula garantiu que a presidenta Dilma Rousseff (PT) vetará o projeto de lei 4.330, mais conhecido como PL da terceirização, caso seja aprovado pelo Senado, onde começou a tramitar ontem.

“Tranquilamente, a companheira Dilma vai vetar”, afirmou Lula. “É um retrocesso a antes do governo Getúlio Vargas. Estamos voltando a 1930 tentando estabelecer uma relação de trabalho onde só tem um ganhador: o patrão.”

“Os empresários querem acabar com a justiça do trabalho. Acham que tem que rasgar a CLT (…) Não é porque a lei é de 1946 que tem de jogar fora”, continuou. Ele ainda utilizou como exemplo a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. “Voltamos a 1930, quando a Fiesp achava que o trabalhador devia ter dez dias de férias.”

A greve de 1980, celebrada pelo evento do qual Lula participou, mobilizou 140 mil metalúrgicos, que paralisaram suas atividades por 41 dias, durante a campanha salarial, em plena ditadura militar. A comemoração foi promovida pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

(Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula)

 

 



No artigo

x