Policial posta foto com sangue falso e é ridicularizado na internet

Tentando se passar por vítima dos professores que participaram de manifestações no Paraná, PM publicou uma foto em que aparentava estar ferido, mas a farsa não durou muito tempo e ele apagou a imagem. “Sangrou groselha”, “Quero a marca desse batom”, “Derrubou ki-suco de...

3062 0

Tentando se passar por vítima dos professores que participaram de manifestações no Paraná, PM publicou uma foto em que aparentava estar ferido, mas a farsa não durou muito tempo e ele apagou a imagem. “Sangrou groselha”, “Quero a marca desse batom”, “Derrubou ki-suco de morango”, ironizaram os internautas

Por Redação

policial falsoO policial militar Umberto Scandelari publicou ontem (29), em seu perfil no Facebook, uma foto em que aparece com ferimentos nos braços e no rosto. Na legenda, ele escreveu: “Professor, conta outra…”, em referência aos protestos realizados por professores do estado contra um projeto de lei que altera a previdência dos funcionários públicos. A ação truculenta da PM ao ato terminou em mais de cem feridos, alguns deles em estado grave.

Ao ser perguntado por um colega se estava bem, Scandelari tentou se passar por vítima dos manifestantes. “Sim, td bem, mas se os caras não invadissem nada disso teria acontecido”, respondeu. No entanto, a farsa não durou muito tempo. A imagem [ao lado, clique para ampliar] foi denunciada pela página “Isso é culpa do PT” e logo o policial virou motivo de piada entre os internautas.

“Nenhum maquiador mais preparado para dar um toque mais realista a essa tinta rosa barata?”, questionou o autor da página. “Engraçado, a farda está intacta”, alertou uma usuária. “Sangrou groselha”, ironizou outro. Os comentários não pararam por aí: “Quero a marca desse batom”, “Derrubou ki-suco de morango”, “Estourou a caneta de correção dos profs nele”. Após ser descoberto, o PM deletou a foto da rede social.

Foto: Reprodução/ Facebook

 

 



No artigo

x