Dilma defende Jandira e critica machismo na política

Nas redes sociais, presidenta comentou o caso envolvendo as agressões dos deputados Alberto Fraga (DEM-DF) e Roberto Freire (PPS-SP) à parlamentar; "Você só engrandece a luta das mulheres na política brasileira", declarou.

621 0

Nas redes sociais, presidenta comentou o caso envolvendo as agressões dos deputados Alberto Fraga (DEM-DF) e Roberto Freire (PPS-SP) à parlamentar; “Você só engrandece a luta das mulheres na política brasileira”, declarou

Por Redação

A presidenta Dilma Rousseff manifestou solidariedade à deputada federal Jandira Feghali (PCdoB/RJ), que foi alvo de agressões dos também deputados Alberto Fraga (DEM-DF) e Roberto Freire (PPS-SP). Nas redes sociais, Dilma criticou o preconceito que as parlamentares ainda precisam enfrentar para exercerem suas atividades.

“A política fica menor – com p minúsculo – quando é praticada com base no sexismo e no machismo. Minha solidariedade à deputada Jandira Feghali, ameaçada no plenário da Câmara, na noite de quarta-feira, por expor suas ideias. Jandira Feghali, você só engrandece a luta das mulheres na política brasileira. Avante, com força e fé. #JandiraMeRepresenta”, declarou.

Na última quarta-feira (6), a parlamentar acusou Freire de ter segurado seu braço com força, quando tentou intervir em uma discussão dele com o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP). Em seguida, Fraga proferiu a frase que causou polêmica na Câmara: “Mulher que participa da política e bate como homem, tem que apanhar como homem também”.

Foto de capa: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados

 



No artigo

x