‘Mais Médicos’ atinge 63 milhões de brasileiros, afirma ministro

Em evento realizado em São Paulo, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, fez um balanço do programa; segundo ele, 75% dos médicos participantes atuam em regiões com baixo índice de desenvolvimento humano, como o Semiárido nordestino, regiões ribeirinhas da Amazônia e na periferia das...

580 0

Em evento realizado em São Paulo, o ministro da Saúde, Arthur Chioro, fez um balanço do programa; segundo ele, 75% dos médicos participantes atuam em regiões com baixo índice de desenvolvimento humano, como o Semiárido nordestino, regiões ribeirinhas da Amazônia e na periferia das grandes cidades

Por Redação*

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, participou da abertura da segunda edição do Fórum A Saúde do Brasil, realizado até amanhã (12) no Museu da Imagem e Som, em São Paulo. Na ocasião, ele fez um balanço do programa Mais Médicos, que hoje concentra 14.462 profissionais em exercício em 3.785 municípios brasileiros, além de 34 distritos indígenas.

Segundo o ministro, “75% dos médicos atuam em regiões com baixo índice de desenvolvimento humano, como o Semiárido nordestino, regiões ribeirinhas da Amazônia e na periferia das grandes cidades”. Chioro afirmou ainda que o programa atende hoje 63 milhões de pessoas. Entre os profissionais participantes, 11.429 são cubanos, 1.846 são médicos brasileiros formados no país e outros 1.187, médicos brasileiros com formações no exterior.

Uma estratégia anunciada para aprimorar o programa será a criação de mais oportunidades no curso de Medicina. Serão 4.680 novas vagas em instituições públicas e privadas, e 39 cidades já receberam autorizações para a criação de novos cursos de graduação na área.


* Com informações da Folha de S. Paulo

Foto de capa: Arquivo/Agência Brasil



No artigo

x