Líder do Vem pra Rua bate o ponto e vai embora do trabalho na Câmara dos Vereadores

O caso aconteceu em 2013 mas o vídeo que flagra o jovem líder tucano "faltando" no seu trabalho, de assessor na Câmara dos Vereadores de Vitória (ES), só foi divulgado agora; ele foi recém-eleito secretário-geral do PSDB na cidade

1140 0

O caso aconteceu em 2013 mas o vídeo que flagra o jovem líder tucano “faltando” no seu trabalho, de assessor na Câmara dos Vereadores de Vitória (ES), só foi divulgado agora; ele foi recém-eleito secretário-geral do PSDB na cidade 

Por Redação 

Líder do movimento “Vem pra Rua” – que encabeçou inúmeras manifestações contra o governo Dilma e a corrupção -, Armando Fontoura aparece em um vídeo divulgado essa semana no qual ele pe flagrado batendo o ponto e indo embora do seu trabalho na Câmara dos Vereadores de Vitória (ES).

O caso aconteceu em 2013 e, por conta do vídeo, o rapaz foi exonerado do seu cargo de assessor do vereador Luiz Emanuel (PSDB) no mesmo ano. O material, no entanto, só “vazou” agora por conta das eleições do diretório municipal do PSDB, realizadas no último domingo (17). Armando foi eleito secretário-geral do partido na cidade mas a juventude da sigla, que divulgou o vídeo, o acusade fraude na disputa.

De acordo com os membros da chapa adversária, o ex-assessor filiou ao partido pessoas de sua família e que nunca tiveram qualquer ligação com a causa política somente para angariar votos.

Questionado pelo jornal A Tribuna sobre o caso do vídeo, Armando disse que não se lembra do episódio e que é vítima de uma “trama diabólica”. Em relação às eleições do diretório municipal, o líder do Vem pra Rua respondeu apenas que “é normal” ter parentes filiados ao partido.



No artigo

x