Daniela Mercury canta na Câmara dos Deputados: “Qualquer maneira de amor vale a pena”

A artista participou hoje (20) do 12º Seminário LGBT do Congresso Nacional acompanhada da esposa, a jornalista Malu Verçosa; em sua fala, Daniela criticou o preconceito disseminado por alguns parlamentares em nome da religião: "A questão é trazer o discurso de ódio. Isso a...

707 0

A artista participou hoje (20) do 12º Seminário LGBT do Congresso Nacional acompanhada da esposa, a jornalista Malu Verçosa; em sua fala, Daniela criticou o preconceito disseminado por alguns parlamentares em nome da religião: “A questão é trazer o discurso de ódio. Isso a gente não aceita”

Por Maíra Streit, de Brasília

Convidada especial do 12º Seminário LGBT do Congresso Nacional, que teve início nessa quarta-feira (20) no Auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, a cantora Daniela Mercury discursou pelo fim da discriminação.

Em sua fala, a baiana abordou o preconceito disseminado por alguns parlamentares em nome da religião e disse que o Brasil deve valorizar a diversidade. “Cada um pode acreditar no que quiser. É maravilhoso que pensem diferente. A questão é trazer o discurso de ódio. Isso a gente não aceita”, afirmou.

Daniela destacou ainda a diferença entre ser cristão e propagar a intolerância na sociedade. “Não estou aqui para discutir o que a bíblia fala, me desculpe, e eu sou católica. Para mim, a bíblia sempre falou de amor. Quando é outra coisa, não me interessa”, criticou.

A artista, que tem uma longa trajetória em defesa dos direitos humanos, falou também de temas como os altos índices de homicídios contra a população negra, além da questão da violência contra a mulher e o abuso sexual de crianças e adolescentes.

Daniela Mercury compareceu ao evento acompanhada da esposa, a jornalista Malu Verçosa, e cantou vários trechos de músicas durante sua apresentação. Entre elas, “Paula e Bebeto”, de Milton Nascimento, que traz os versos “Qualquer maneira de amor vale a pena / Qualquer maneira de amor valerá”.

Programação

Monitoramento de redes sociais, crimes cibernéticos, bullying, injúria, difamação e liberdade de expressão são alguns dos assuntos que serão debatidos pelos convidados do seminário, que está sendo realizado até amanhã por três comissões da Casa a pedido dos deputados Jean Wyllys (Psol-RJ), Luiza Erundina (PSB-SP), Glauber Braga (PSB-RJ), Janete Capiberibe (PSB-AP) e Luciana Santos (PCdoB-PE).

Confira aqui a transmissão ao vivo.

Foto de capa: ASCOM/Jean Wyllys



No artigo

x