Cunha aprova projeto para construir ‘shopping’ na Câmara no valor de R$ 1 bilhão

Por meio de uma manobra, o presidente da Câmara dos Deputados conseguiu colocar em votação e aprovar um projeto que prevê a construção de um centro comercial no Congresso - principal bandeira de sua gestão; "Uma megalomania típica de quem se acha dono do...

1448 0

Por meio de uma manobra, o presidente da Câmara dos Deputados conseguiu colocar em votação e aprovar um projeto que prevê a construção de um centro comercial no Congresso – principal bandeira de sua gestão; “Uma megalomania típica de quem se acha dono do Parlamento brasileiro”, criticou deputado do PSOL

Por Redação 

A Câmara dos Deputados terá um ‘shopping center’. Essa foi a principal bandeira de Eduardo Cunha (PMDB) em sua candidatura para presidente da Casa e, na noite desta quarta-feira (20), por meio de uma manobra, a proposta foi votada e aprovada. 

Enquanto avaliam medidas de ajuste e que apertam os gastos públicos, os deputados aliados de Cunha não se ressentem em deixar passar um projeto de ampliação da estrutura do Congresso que, além do centro comercial, prevê a reforma e construção de novos gabinetes. O orçamento é de R$ 1 bilhão. 

Para conseguir aprovar o projeto, o presidente da Casa e os deputados de seu partido incluíram a possibilidade da construção da obra dentro de uma outra Medida Provisória que trata da tributação sobre produtos importados. Assim, a Câmara pode recorrer a uma PPP (Parceria Público Privada) para realizar o projeto. 

Deputados do PT, PSDB e PSOL votaram contra. “Uma megalomania típica de quem se acha dono do Parlamento brasileiro, e que legisla de costas para o povo e de mãos dadas com os financiadores privados de campanha, que agora serão sócios na construção do Shopping Center em plena Câmara dos Deputados. É o fim da picada! O povo deve repudiar este abuso”, afirmou o deputado federal Ivan Valente (PSOL).

 

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

 

 



No artigo

x