Ciro Gomes: “Brasília está dominada por uma coalizão de gatunos”

O ex-governador do Ceará afirmou hoje (22) que, no Congresso, há "ladrões convocando CPIs e bandidos acusando gente séria de ser bandido"; na sua crítica aos políticos, ele defendeu a presidenta Dilma Rousseff, que considera "honrada" e com "espírito público".

1378 0

O ex-governador do Ceará afirmou hoje (22) que, no Congresso, há “ladrões convocando CPIs e bandidos acusando gente séria de ser bandido”; na sua crítica aos políticos, ele defendeu a presidenta Dilma Rousseff, que considera “honrada” e com “espírito público”

Por Redação

Durante sua participação na 3ª edição do Fórum Brasil, realizado em São Paulo pela revista Carta Capital, o ex-ministro da Integração Nacional e ex-governador do Ceará Ciro Gomes voltou a dar declarações polêmicas nesta sexta-feira (22).

Ele afirmou que Brasília está “dominada por uma coalizão de gatunos e incompetentes”, com exceção da presidenta Dilma Rousseff, que considera “honrada” e com “espírito público”. Sobre o Congresso Nacional, Ciro disse que há “ladrões convocando CPIs e bandidos acusando gente séria de ser bandido”.

Atuando no momento como executivo na Transamazônica, subsidiária da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), ele comentou ainda que pertence ao mundo empresarial, mas não se vê como “um porco capitalista” e que pode não voltar mais à política.

Foto de capa: Reprodução



No artigo

x