Violência desmedida: Vídeo mostra PM socando manifestante na USP

Com bombas de efeito moral, balas de borracha e agressão física, a Polícia Militar acabou com uma manifestação de funcionários e estudantes da USP na manhã desta sexta-feira (29). Imagens gravadas por um manifestante mostram uma estudante levando um soco de um PM logo...

593 0

Com bombas de efeito moral, balas de borracha e agressão física, a Polícia Militar acabou com uma manifestação de funcionários e estudantes da USP na manhã desta sexta-feira (29). Imagens gravadas por um manifestante mostram uma estudante levando um soco de um PM logo depois de ser atingida, quase à queima roupa, por um spray de pimenta; assista 

Por Redação 

A Polícia Militar de São Paulo voltou a atuar com truculência na manhã desta sexta-feira (29). Ao menos cinco pessoas ficaram feridas depois de uma abordagem da corporação na manifestação que estudantes e funcionários da Universidade de São Paulo (USP) realizavam nos arredores do campus. O protesto fazia parte do Dia Nacional de Paralisações e Manifestações, convocado pela CUT e outras centrais sindicais.

Sem qualquer indício de violência por parte dos estudantes e funcionários, a PM chegou ao local e começou a disparar bombas de efeito moral e balas de borracha contra os manifestantes. Imagens feitas por um dos presentes mostram o momento em que um PM age com extrema agressividade contra uma estudante. Ela tentava pegar a bolsa de um rapaz que havia sido detido quando foi atacada, quase à queima roupa, por um spray de pimenta. Revoltada, a garota partiu para cima do policial e foi jogada ao chão. Mal deu tempo de ela cair e outro agente aparece para lhe desferir um soco no rosto.

Ao menos cinco manifestantes foram feridos, na manhã desta sexta-feira (29), após serem agredidos por policiais durante um protesto perto da USP, em São Paulo. A manifestação fazia parte do Dia Nacional de Manifestações e Paralisações, convocada por movimentos e centrais sindicais contra a terceirização, a retirada de direitos trabalhistas e sociais e o ajustes fiscal dos governos. A denúncia foi feita pelo Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp). #29ParalisaGeral Posted by Brasil de Fato on Friday, 29 May 2015

A Polícia Militar informou que vai analisar as imagens, identificar os agentes e tomar as “providências cabíveis”.



No artigo

x