Marcha das Vadias em São Paulo defende a legalização do aborto

Hoje, a partir das 11h, a Marcha das Vadias de São Paulo retorna com o tema “Aborto Ilegal: Feminicídio do Estado“, denunciando o alto índice de mortes causadas pela criminalização do aborto. Segundo o...

619 0

Hoje, a partir das 11h, a Marcha das Vadias de São Paulo retorna com o tema “Aborto Ilegal: Feminicídio do Estado“, denunciando o alto índice de mortes causadas pela criminalização do aborto. Segundo o texto de apresentação do evento, a ideia da marcha não é levantar um debate sobre quem é ou não a favor da legalização do aborto, mas declarar que, independente do posicionamento de cada um, as mulheres continuam recorrendo a abortos clandestinos e continuam morrendo.

A legalização do aborto é uma das bandeiras mais importantes do Feminismo em todo o mundo. No Brasil, é especialmente difícil falar sobre direitos sexuais e reprodutivos, sobretudo no momento atual, pois vivemos uma terrível onda conservadora que contamina o Congresso Nacional. Por causa da ação de fundamentalistas e intolerantes, as mulheres correm o sério risco de ter direitos revogados – direitos esses que foram conquistados com muitos anos de luta árdua.

Argumentos para que o aborto seja legalizado em nosso país não faltam. São argumentos embasados em fatos científicos e estudos sociológicos criteriosos, acima de tudo defendendo a laicidade do Estado, que não deve criar leis pautadas em nenhuma religião. O direito ao aborto legal, seguro e gratuito deve ser garantido a todas as cidadãs.

Assista ao vídeo da Marcha das Vadias com o rap “Ventre Livre de Fato“, composição de Luana Hansen e Elisa Gargiulo:

Leia mais sobre aborto no Questão de Gênero, clicando aqui.

Se você é a favor da legalização do aborto, não deixe de se juntar à Marcha, que terá sua concentração no vão livre do MASP. Mais informações na página do evento.

Foto de capa: Reprodução / Facebook



No artigo

x