Braço direito de Youssef diz que entregou R$ 60 mil a Collor

Um dos delatores da Operação Lava-Jato deu detalhes sobre o pagamento de propina que teria sido feito ao ex-presidente, que está sendo investigado por envolvimento em desvios de recursos da Petrobras.

483 0

Um dos delatores da Operação Lava-Jato deu detalhes sobre o pagamento de propina que teria sido feito ao ex-presidente, que está sendo investigado por envolvimento em desvios de recursos da Petrobras

Por Redação*

Rafael Angulo, conhecido como o braço direito do doleiro Alberto Youssef, contou, em delação premiada, que teria repassado propina no valor de R$ 60 mil ao ex-presidente Fernando Collor de Mello, hoje senador pelo PTB. O delator disse aos investigadores que o encontro aconteceu no apartamento do político na Bela Vista, em São Paulo. Segundo ele, o prédio de luxo contava com vários seguranças responsáveis pelo monitoramento do local.

A entrega do dinheiro também teria sido confirmada por Youssef, que afirmou ter feito vários depósitos a pedido de Paulo Leoni Ramos. Ele foi secretário de Assuntos Estratégicos na gestão Collor (1990-1992) e é acusado de receber propina para o senador em um contrato com a BR distribuidora.

* Com informações da Folha de S. Paulo

Foto de capa: Pedro França / Agência Senado



No artigo

x