Concurso cultural gera revolta ao premiar foto de mulher amordaçada

O objetivo do concurso era escolher o torcedor que enviasse a melhor foto demonstrando seu “amor pelo Flamengo”. Apesar de constar no regulamento a proibição de conteúdo ofensivo e discriminatório, a imagem em questão venceu a disputa e só foi desclassificada após repercussão negativa...

868 0

O objetivo do concurso era escolher o torcedor que enviasse a melhor foto demonstrando seu “amor pelo Flamengo”. Apesar de constar no regulamento a proibição de conteúdo ofensivo e discriminatório, a imagem em questão venceu a disputa e só foi desclassificada após repercussão negativa na internet

Por Redação

A empresa OTB Sports publicou, nesta terça-feira (28), o resultado de um concurso cultural promovido nas redes sociais com o objetivo de premiar o torcedor que enviasse a melhor foto demonstrando seu “amor pelo Flamengo”.

A imagem escolhida como vencedora causou revolta entre os internautas ao retratar um homem em frente à televisão vibrando com o jogo de seu time, enquanto uma mulher – supostamente torcedora de um clube rival – está presa e amordaçada em uma cadeira ao lado.

Apesar de constar no regulamento do concurso a proibição de fotografias ofensivas e discriminatórias, o participante em questão não foi desclassificado, mas considerado o ganhador da disputa. A OTB Sports, que gerencia a carreira de atletas e técnicos de futebol, publicou uma nota afirmando que tudo não passou de um “mal-entendido”. Apenas depois da repercussão do caso é que a companhia resolveu cancelar o resultado e escolher um novo vencedor.

Foto de capa: Divulgação



No artigo

x