“A intolerância é o caminho mais curto para destruir a democracia”, afirma Dilma

Presidenta condenou o ataque a bomba realizado contra o Instituto Lula na quinta-feira (30); outros membros do governo e do PT alertaram para a ocorrência de vários atos de violência nos últimos tempos por motivações políticas.

674 0

Presidenta condenou o ataque a bomba realizado contra o Instituto Lula na quinta-feira (30); outros membros do governo e do PT alertaram para a ocorrência de vários atos de violência nos últimos tempos por motivações políticas

Por Redação

A presidenta Dilma Rousseff se manifestou, em suas contas no Twitter e no Facebook, sobre o ataque realizado contra o Instituto Lula na noite de quinta-feira (30), em São Paulo. “A intolerância é o caminho mais curto para destruir a democracia. Jogar uma bomba caseira na sede do Instituto Lula é uma atitude que não condiz com a cultura de tolerância e de respeito à diversidade do povo brasileiro”, escreveu.

Ontem, foram divulgadas imagens de câmera de segurança que mostram o momento exato em que a sede é atacada. Um carro preto em movimento passa em frente ao local e é possível ver um artefato sendo jogado a partir do banco traseiro do veículo. A gravação já foi encaminhada para análise da polícia.

Outros membros do governo e do PT – como o presidente da legenda, Rui Falcão – condenaram o episódio e alertaram para a ocorrência de vários atos de violência nos últimos tempos por motivações políticas. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que acionaria a Polícia Federal para colaborar com as investigações.

Foto de capa: José Cruz/Abr



No artigo

x