Delator fez doação de R$ 125 mil à igreja de Eduardo Cunha, diz PF

Descoberta da Polícia Federal surge após lobista Júlio Camargo dizer ter sido pressionado a pagar propina de US$ 5 milhões ao presidente da Câmara.

1175 0

Descoberta da Polícia Federal surge após lobista Júlio Camargo dizer ter sido pressionado a pagar propina de US$ 5 milhões ao presidente da Câmara

Por Redação

O lobista Júlio Camargo repassou R$ 125 mil para a igreja evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira, em Campinas (SP), de acordo com laudo da Polícia Federal. A investigação, no âmbito da Operação Lava-Jato, mostrou que a quantia foi repassada por duas empresas dele – Piemonte e Treviso – de 2008 a 2014.

Camargo já havia dito à Justiça ter sido pressionado pelo presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) a pagar propina de US$ 5 milhões e, agora, a descoberta é que ele também repassou verbas para uma igreja simpática ao deputado da bancada evangélica. Há pouco tempo, Cunha declarou em público ter trocado a Igreja Sara Nossa Terra pela Assembleia de Deus Madureira. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Foto de capa: ASCOM/Eduardo Cunha

 



No artigo

x