Olavo de Carvalho acusa Facebook de ‘censura ideológica’

Ícone da extrema direita no país, o professor sofreu um bloqueio de 29 dias na rede social após denúncias por postagens imorais e ofensivas; em sua fanpage, seguidores prometem abandonar o Facebook em protesto e migrar para a rede que Carvalho disse que...

1508 0

Ícone da extrema direita no país, o professor sofreu um bloqueio de 29 dias na rede social após denúncias por postagens imorais e ofensivas; em sua  fanpage, seguidores prometem abandonar o Facebook em protesto e migrar para a rede que Carvalho disse que iria criar. Já existe até campanha #SomosTodosOlavoDeCarvalho

Por Redação

Professor de ideias peculiares – como a de que o Brasil vive um regime bolivariano –   Olavo de Carvalho acredita que o Facebook exerça um “poder totalitário” alinhado ao governo federal brasileiro. Ele sofreu, nesta segunda-feira (3), um bloqueio temporário de 29 dias da rede social após denúncias por postagens consideradas ofensivas e acredita que a “censura” tenha sido uma forma encontrada pela empresa de Marck Zuckerberg de calá-lo “justamente nas semanas em que vão ocorrer grandes manifestações”.

Opositor ferrenho do governo Dilma e defensor do impeachment, Olavo de Carvalho tem mais de 200 mil seguidores em sua fanpage que era composta, majoritariamente, por posts anti-governo. Agora sua timeline está repleta de manifestações de apoio de seus seguidores, que já criaram inclusive campanhas como a ‘Somos Todos Olavo de Carvalho’.

Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

Entre as mensagens dos seguidores, uma das mais recorrentes é a de que, em protesto, deixarão o Facebook. O próprio Olavo de Carvalho, segundo seu filho, anunciou que abandonaria a plataforma e criaria sua própria rede.

pedrolavo

 



No artigo

x