Centenas “abraçam” o Instituto Lula em protesto contra atentado a bomba

Militantes, simpatizantes, políticos e lideranças partidárias promoveram nesta sexta-feira (7) um ato em frente à sede do Instituto em São Paulo para prestar solidariedade ao ex-presidente e pedir a punição dos responsáveis pelo ataque a bomba ocorrido na semana passada; Lula, que foi até...

649 0

Militantes, simpatizantes, políticos e lideranças partidárias promoveram nesta sexta-feira (7) um ato em frente à sede do Instituto em São Paulo para prestar solidariedade ao ex-presidente e pedir a punição dos responsáveis pelo ataque a bomba ocorrido na semana passada; Lula, que foi até o local, recebeu flores e foi ovacionado pelo público presente

Por Redação

Cerca de 500 pessoas se reuniram nesta sexta-feira (7) em frente à sede do Instituto Lula, em São Paulo, em um ato que prestava solidariedade ao ex-presidente e pedia a punição dos responsáveis pelo atentado a bomba que atingiu o local na semana passada. “O povo na rua, golpista recua”, gritavam os manifestantes.

Organizado pela frente intitulada #TodosPelaDemocracia, que reúne entidades, centrais sindicais e partidos, o ato contou com a presença de uma série de políticos e lideranças partidárias, como o presidente nacional do PT, Rui Falcão, o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha, o secretário de Direitos Humanos de São Paulo, Eduardo Suplicy, os deputados federais Lindberg Farias (PT-RJ) e Benedita da Silva (PT-RJ), entre outros.

“Estamos protestando contra isso que foi um ataque terrorista ao instituto. A Polícia Federal, que tem como responsabilidade a proteção e escolta dos ex-presidentes, na nossa visão, deve assumir a investigação”, disse Rui Falcão.

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

Lula, que foi ao encontro dos manifestantes, recebeu flores e foi ovacionado aos gritos de “Olê olê olê olá, Lula, Lula” e “Lula guerreiro do povo brasileiro”.

No dia 16, data marcada para uma série de protestos contra o governo Dilma, a sede do Instituto também será o local de uma vigília dos simpatizantes petistas e dos movimentos sociais.

Confira abaixo o vídeo gravado por um militante no momento em que Lula chega ao ato:

Lula chegando agora n Instituto Lula. O mais amado.

Posted by Douglas Neman on Friday, 7 August 2015

 

Foto: Reprodução/Facebook



No artigo

x