Silas Malafaia ataca ‘Dilma Bolada’e recebe resposta à altura

Pelo Twitter, o pastor evangélico usou como base uma reportagem da revista Época para atacar o criador da personagem e dizer que ele recebe dinheiro do PT; o publicitário, no entanto, não deixou barato e escreveu uma resposta à altura: "Todo dinheiro que ganho...

6281 0

Pelo Twitter, o pastor evangélico usou como base uma reportagem da revista Época para atacar o criador da personagem e dizer que ele recebe dinheiro do PT; o publicitário, no entanto, não deixou barato e escreveu uma resposta à altura: “Todo dinheiro que ganho é fruto do meu trabalho e declarado. Bandido é quem extorque em nome de Deus e com isenção fiscal”

Por Redação

Vem ganhando repercussão nas redes sociais a resposta que Jeferson Monteiro – o criador da personagem ‘Dilma Bolada’ – deu ao pastor evangélico Silas Malafaia. Nesta sexta-feira (21), pelo Twitter, o pastor atacou o publicitário e disse que ele recebe R$20 mil mensais do PT para manter a personagem e atacar partidos adversários.

“Criador de Dilma bolada,Jeferson Monteiro, recebe 20mil de salário do PT,através da agência q faz guerrilha virtual para o PT.BANDIDO!”, tuitou Malafaia.

Jeferson, no entanto, não deixou barato e poucos minutos depois escreveu uma resposta de contra-ataque que foi compartilhada por milhares de internautas.

“Todo dinheiro que ganho é fruto do meu trabalho e declarado. Bandido é quem extorque em nome de Deus e com isenção fiscal!”, postou.

Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

A reportagem da revista Época que Malafaia usou como base para fazer seu tuíte foi publicada na última quinta-feira (20) e diz que documentos provam que Jeferson Monteiro receberia um salário de R$20 mil mensais da agência Pepper – que seria vinculada ao PT – pela personagem ‘Dilma Bolada’.

Como sabia da possibilidade de haver mentiras ou distorção de respostas, porém, o publicitário publicou em seu Facebook a íntegra de sua conversa com o repórter da Época em que desmente a informação e diz que a personagem não tem qualquer tipo de vínculo com a agência.

“A Dilma Bolada não está vinculada a nenhuma empresa ou partido. Não está e nem nunca esteve. Como já foi dito exaustivamente, as páginas na internet são independentes e não há nenhuma relação com ninguém para que elas existam ali. O serviço por mim mim, Jeferson Monteiro, executado está relacionado à comunicação digital e nas redes sociais, análise, produção e estratégia de conteúdo para os clientes da agência.”, diz em parte da sua resposta.

As polêmicas em torno da personagem não vêm de hoje. No ano passado, Jeferson denunciou a tentativa do marqueteiro do PSDB de ‘comprar’ a personagem para que ela, em seus comentários e posts, se voltasse contra a então candidata Dilma Rousseff e fizesse campanha para Aécio Neves (PSDB).



No artigo

x