Lula aponta mentiras da revista Época e processa jornalistas

Depois de processar a revista Veja e o jornal O Globo pelos mesmos motivos, ex-presidente entrou com ação contra a publicação, solicitando reparação por danos morais. Em abril, a revista trouxe uma matéria de capa afirmando que Lula era operador de um esquema de...

742 0

Depois de processar a revista Veja e o jornal O Globo pelos mesmos motivos, ex-presidente entrou com ação contra a publicação, solicitando reparação por danos morais. Em abril, a revista trouxe uma matéria de capa afirmando que Lula era operador de um esquema de corrupção, mas pouco tempo depois foi desmentida

Por Redação

O ex-presidente Lula entrou, na semana passada, com uma ação contra jornalistas da revista Época por reparação de danos morais. A ideia é que o editor da publicação, bem como os repórteres Thiago Bronzatto e Filipe Coutinho, se retratem pelas mentiras que teriam escrito sobre Lula na matéria de capa da edição de 20 de abril, em que acusavam o ex-presidente de ser operador de um esquema de corrupção.

“A matéria está repleta de falácias e afirmações vis – todas, sem exceção de uma sequer – divorciadas das práticas éticas e sensatas do bom jornalismo. [Os autores da reportagem] imputaram a Lula a prática de conduta criminosa sem um fiapo sequer de prova”, afirma a ação, protocolada na 12ª Vara Cível de Brasília no último dia 21 de agosto.

Pouco tempo depois da publicação da matéria, o Instituto Lula publicou um texto em que apontava sete mentiras contadas pela revista.

Desde o mês passado, o ex-presidente vem se empenhando em não deixar barato as falácias que dizem a seu respeito. De julho para cá, Lula já entrou com ação contra a revista Veja e o jornal O Globo e também protocolou pedido de interpelação judicial contra o apresentador do SBT Danilo Gentili, que sugeriu que Lula teria forjado o ataque a bomba no próprio instituto.

Foto: Ricardo Stuckert Filho



No artigo

x