Tucano ameaça Dilma: “Com a foice e o martelo, nós vamos arrancar a sua cabeça”

“Quando o povo agir já não vai ter mais volta. Renuncie, fuja do Brasil ou se suicide”, afirmou o advogado Matheus Sathler, derrotado na eleição para deputado federal pelo PSDB de Brasília. "Tenha humildade para sair do país porque, caso contrário, o sangue vai...

1772 0

“Quando o povo agir já não vai ter mais volta. Renuncie, fuja do Brasil ou se suicide”, afirmou o advogado Matheus Sathler, derrotado na eleição para deputado federal pelo PSDB de Brasília. “Tenha humildade para sair do país porque, caso contrário, o sangue vai rolar”, ameaçou. O vídeo já está sendo denunciado por internautas por incitação ao ódio; assista

Por Redação

O advogado Matheus Sathler, que saiu derrotado na eleição para deputado federal pelo PSDB de Brasília, divulgou nesta semana um vídeo no YouTube em que ameaça “arrancar a cabeça” da presidenta Dilma Rousseff, no próximo dia 7 de setembro, “com a foice e o martelo”. “Quando o povo agir já não vai ter mais volta. Renuncie, fuja do Brasil ou se suicide”, afirmou. “Tenha humildade para sair do país porque, caso contrário, o sangue vai rolar”.

A violência das palavras empregadas pelo militante tucano chamou a atenção dos internautas. “Não foi eleito pelo voto e agora quer aparecer. Já denunciei a PF, você é um bandido!”, escreveu um. “Promove o ódio e depois fala de paz. Incoerência desses coxas é demais”, disse outra. “Que tal você fundar a Associação Brasileira dos ‘Adevogados’ Anencéfalos?”, ironizou um terceiro.

Segundo a Ordem dos Advogados do Brasil do Distrito Federal (OAB-DF), há dois processos disciplinares contra Sathler, mas por correrem em segredo de Justiça, o teor não pode ser detalhado. Um deles foi movido pela Comissão Especial da Diversidade Sexual da entidade contra a propaganda na qual o tucano se identificava como “o candidato do kit macho”, propondo durante a campanha “cartilhas que ensinarão os meninos a gostar somente de mulher”.

Assista ao vídeo:



No artigo

x