Filho de Bolsonaro reclama da entrada de Thammy Miranda no PP

“Já avisaram a ela que o Jair Bolsonaro também é do PP? Será que rola dele criar o PP-Hétero? Ou seria homofobia?”, provocou o deputado Eduardo Bolsonaro no Twitter. A mensagem fazia referência à iniciativa do ator de criar uma frente LGBT na sigla.

1710 0

“Já avisaram a ela que o Jair Bolsonaro também é do PP? Será que rola dele criar o PP-Hétero? Ou seria homofobia?”, provocou o deputado Eduardo Bolsonaro no Twitter. A mensagem fazia referência à iniciativa do ator de criar uma frente LGBT na sigla

Por Redação

A filiação de Thammy Miranda ao Partido Progressista (PP), anunciada na quarta-feira (2), já está causando incômodo em políticos mais conservadores. O deputado federal Eduardo Bolsonaro, embora tenha sido eleito pelo Partido Social Cristão (PSC) de São Paulo, mostrou desconforto ao ver o ator transexual entrar para a legenda de seu pai, o também deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ).

O parlamentar usou o Twitter para manifestar sua reclamação. “A valorização de uma pessoa passa por seu caráter e competência e não por sua sexualidade. Que fase!”, escreveu. Ele também fez questão de mandar um recado ao deputado Guilherme Mussi (PP-SP), que comemorou a entrada de Thammy no partido.

“Bacana, @deputadoguilhermemussi. Já avisaram a ela que o Jair Bolsonaro também é do PP? Será que rola dele criar o PP-Hétero? Ou seria homofobia?”, provocou. A mensagem fazia referência à iniciativa do filho da cantora Gretchen de criar uma frente LGBT na sigla.

thammy



No artigo

x