Repórter do CQC leva soco de homem que defendeu chacina de Osasco no Twitter

Agressor elogiou nas redes sociais a ação que resultou na morte de 19 pessoas em Osasco e Barueri e escreveu que "bandido bom é bandido morto"; além do soco, Lucas Salles também levou uma cabeçada. Assista

1413 0

Agressor elogiou nas redes sociais a ação que resultou na morte de 19 pessoas em Osasco e Barueri e escreveu que “bandido bom é bandido morto”; além do soco, Lucas Salles também levou uma cabeçada. Assista 

Por Redação

Lucas Salles, repórter do programa CQC, da TV Bandeirantes, foi agredido por um arquiteto que defendeu a chacina de Osasco nas redes sociais. Salles questionava as opiniões do homem durante as gravações do quadro CQC Haters quando levou um soco e uma cabeçada do entrevistado. Embora não tenha sofrido lesões, o repórter precisou ser levado ao hospital.

O agressor, cuja identidade não foi divulgada, postou mensagens no Twitter, há algumas semanas, elogiando a ação que resultou na morte de 19 pessoas em Osasco e Barueri no dia 13 de agosto – ele escreveu no microblogue que “bandido bom é bandido morto”. A produção do CQC localizou o rapaz e marcou com ele um encontro na última sexta-feira (4), em Caieiras, também na Grande São Paulo. “Nós acreditamos que bandido bom não é bandido morto. A gente achou que deveria perguntar a ele por que ele acha que bandido bom é bandido morto e tentar entender de onde vem esse ódio”, explicou Salles ao site Notícias da TV.

“Eu perguntei se bandido precisa morrer. Ele disse que sim. Eu perguntei se ele acredita em recuperação. Ele disse que não. Aí eu falei que infelizmente ele não quer se recuperar, não quer abrir a cabeça, pensar de um outro jeito. Foi aí que ele encheu a mão e me bateu com todo o gosto do mundo”, completa o repórter. “Foi uma reação bem típica de um hater“, brinca.

Segundo o Notícias da TV, o caso foi parar na delegacia, mas a Bandeirantes acabou não formalizando a queixa. As imagens da agressão vão ao ar no programa desta segunda-feira (7). Confira:



No artigo

x